A Origem da Páscoa e os Símbolos Pascais.

A origem da Páscoa
A palavra “Páscoa” tem origem hebraica (Pessach) e significa passagem. 
Considerada, essencialmente, a Festa da Libertação, a Páscoa é uma das festas móveis do nosso calendário, vinda logo após a Quaresma e culminando na Vigília Pascal.
Páscoa Cristã: 
 Celebra a passagem de Jesus, da “morte para a vida”. A ressurreição também simbolizando um novo começo. 
Páscoa é outra ocasião ligada à gastronomia, em que a conduta Cristã de não se comer carnes vermelhas no período serve como estímulo para que peixes, notadamente o bacalhau, sejam as estrelas de cardápios criativos ou tradicionais.
Páscoa Judaíca
: É a principal festa do judaísmo, que comemora a libertação dos hebreus do Egito pela passagem do mar Vermelho. Durante uma refeição solene, em família, come-se o Cordeiro da Páscoa e o pão sem fermento, o matzá. O pão sem fermento retrata a situação vivida pelos judeus que como estavam em fuga, não tinham tempo para esperá-lo crescer.
Ovo de Páscoa
O ovo é considerado a mais perfeita embalagem natural. Em diversas culturas também simboliza o começo do universo. Os sacerdotes druidas escolheram o ovo como símbolo de sua seita. Outra corrente assegura que o ovo é símbolo pascal inspirado no costume chinês de colorir ovos de pata, para celebrar a vida que deles se origina. Ovos eram cozidos e comidos durante os festivais do antigo Egito, Pérsia, Grécia e Roma. Coloridos, eram presenteados para celebrar a chegada da florida primavera, depois do inverno branco no Hemisfério Norte.

Estas culturas tinham o ovo como emblema do universo, a palavra da suprema divindade, o princípio da vida. 
Acredita-se que os missionários e os cruzados trouxeram para a Europa Ocidental o costume de presentear com ovos. Na época medieval, eram pintados de vermelho para representar o sangue de Cristo. 
Os cristãos adotaram esta tradição e o ovo passou a ser o símbolo da tumba da qual Jesus ressuscitou.
Ovos de chocolate começaram a aparecer no século XVII. Ovos de plástico recheados de ovos de chocolate ou bombons surgiram na década de 60.
Coelho da Páscoa
O coelho simbolizando a Páscoa também tem origem anglo-saxônica e pré-cristã – simboliza a fecundidade. Lebres e coelhos eram associados à abundância da nova vida, após um inverno de privações. Na verdade era uma lebre, que já nasce com os olhos abertos e não um coelho que simbolizava a Páscoa. Desde a antiguidade a lebre, cuja gestação dura apenas um mês, era a representação da Lua, que neste mesmo espaço de tempo passa da escuridão da Lua Nova ao brilho da lua Cheia.
A última Lua cheia após o equinócio de inverno determinava a data da Páscoa. Também de acordo com as lendas, o coelho de Páscoa era um belo pássaro que pertencia à deusa Eostre e, um dia, transformou-se. Como no âmago – continuava pássaro, o coelho continuava a construir seu ninho e o enchia de ovos.
Páscoa no Mundo
Os Chineses comemoram o “Ching-Ming”, uma festividade que ocorre na mesma época da Páscoa, onde são visitados os túmulos dos ancestrais e feitas oferendas, em forma de refeições e doces, para deixá-los satisfeitos com os seus descendentes.
Os Europeus decoram ovos cozidos e fazem brincadeiras, como rolá-los ladeira abaixo. O vencedor será o ovo que rolar mais longe sem quebrar.
Na Europa Ocidental (Ucrânia, Estônia, Lituânia e Rússia), amigos e parentes são presenteados com ovos decorados e a tradição diz que se as crianças forem bem comportadas na noite anterior ao domingo de Páscoa e deixarem um boné de tecido num lugar escondido, o coelho deixará doces e ovos coloridos nesses “ninhos”.
No Hemisfério Norte, a Páscoa coincide com a entrada da primavera e, por isso, foi associada à idéia de renovação de vida, misturando as tradições cristã e pagã. Lá é chamado de Easter, nome derivado da Deusa da Primavera – Eostre.
Os Norte-americanos costumam fazer a brincadeira de “caça ao ovo”, onde os ovos de chocolates são escondidos nos quintais ou dentro das casas e as crianças devem procurá-los na manhã de Páscoa.
Os Brasileiros e os Latinos também têm o costume de fazer a brincadeira de “caça ao ovo” e, em algumas famílias, as crianças montam suas próprias cestas de Páscoa, que são deixadas para o “coelhinho” colocar os ovos na madrugada.



O ovo simboliza o nascimento, a vida, o ressurgimento de Cristo e é um símbolo desde a Antigüidade, época em que já era costume presentear as pessoas, por ocasião da Páscoa, com ovos enfeitados e coloridos. Os ovos de Páscoa representam também o final da quaresma.

O cacau, cujo nome científico em grego é Teobroma Cacau, quer dizer: o néctar dos deuses. Seu sabor e sua força energética sempre foram reconhecidos em toda a Europa. Ao tomar o formato de um ovo, representou mais intensamente a força rejuvenescedora da vida. O ovo de chocolate é, portanto, o símbolo da vida.

Os coelhos surgiram como símbolos da Páscoa na época dos egípcios, pois representam a fecundidade e a reprodução constante da vida. Convém lembrar que, embora eles apareçam associados aos ovos, até hoje não se viu um coelho que botasse um ovo, muito menos de chocolate.

A cruz mistifica todo o significado da Páscoa, na ressurreição e também no calvário de Jesus Cristo. Desde a ano 325 d.C. é considerada como símbolo oficial do cristianismo.

Na celebração do sábado de Aleluia, véspera do domingo de Páscoa, é feita a bênção da água que será utilizada nos batismos durante o ano. Cristo é a verdadeira água, fonte de vida.
O cordeiro é o símbolo mais antigo da Páscoa. No Novo Testamento, simboliza Cristo que é o Cordeiro de Deus sacrificado em prol da salvação de toda a humanidade, seu rebanho.

O pão e o vinho eram, na Antigüidade, a comida e bebida mais comuns. Jesus Cristo se serviu desses alimentos para simbolizar sua presença constante ao instituir a Eucaristia. Assim, o pão e o vinho simbolizam o corpo e o sangue de Jesus e a vida eterna.

As vestes brancas usadas na celebração pascal retomam a passagem referente à transfiguração de Cristo (na qual as vestimentas de Jesus se tornaram resplandecentes de brancura.) O branco simboliza a pureza, a paz e a plenitude.
As velas são uma marca das celebrações religiosas pascais. Em certos países, os católicos apagam todas as luzes de suas igrejas na Sexta-feira da Paixão. Na véspera da Páscoa, fazem um novo fogo para acender o principal círio pascal e o utilizam para reacender todas as velas da igreja. Então, acendem suas próprias velas e as levam para casa a fim de utilizá-las em ocasiões especiais.
No Sábado Santo a celebração católica é iniciada com a bênção do fogo, chamado de “fogo novo”.


O círio pascal é aquela grande vela decorada que tem a cruz como desenho central. Simboliza a luz dos povos, em Cristo. As palavras “Alfa e Ômega” nela gravadas querem dizer: “Deus é o princípio e o fim de tudo”.

9 comentários:

LUCIANA BUENO VALENTE disse...

Olá garota! Passei por aqui para te convidar, à participar de nosso Super Sorteio. Nele contém: 1 estojo com 18 pincéis para maquiagem, 1 demaquilante da NYX, esmaltes e kit carimbo para unhas. Conto com sua participação!!! (www.lupapodemulher.blogspot.com)
Ah! Também quero dizer que adorei seu blog. Achei muito bonito e criativo. Parabéns! Resolvi até te seguir... se puder retribuir, ficarei muito grata!

FERNANDA MAXIMO disse...

OI FLOR DO MEU JARDIM, PASSANDO PARA DEIXAR UM CHEIRINHO DE FLORES, E DESEJAR UMA EXCELENTE TARDE DE QUINTA CHEIA DA UNÇÃO DO SENHOR JESUS... BEIJOQUINHAS DE CEREJINHAS RECHEADAS DE AMOR...
bereshit-artes.blogspot.com

Rosangela Vali disse...

Olá Dany...desejo uma abençoada e feliz Páscoa para você e toda sua família.
Fiquem com Deus!
Abraços de luz!
Com carinho e admiração, Rosangela.

Beatriz! disse...

Boa noite querida amiga Dany!!!

Que post lindo, adorei relembrar cada significado dos símbolos da Páscoa.

Tirei um tempinho para vir visitar e deixar uma mensagem de FELIZ PÁSCOA:

Há dois mil anos atrás, um homem veio ao mundo disposto a ser o maior exemplo de amor e verdade que a humanidade conheceria.

Sua proposta de vida não foi entendida por muitos e, então, condenaram este homem e crucificaram-no, ignorando todos os seus propósitos de um mundo melhor.

Houve dor, angústia e escuridão.

Por três dias, o sol se recusou a brilhar, a lua se negou a iluminar a Terra, até que no terceiro dia algo aconteceu...

Houve a ressurreição!

A Páscoa existe para nos lembrar deste espetáculo inigualável chamado ressurreição!

Páscoa...

Ressurreição do sorriso...

Ressurreição da alegria de viver...

Ressurreição do amor...

Ressurreição da amizade...

Ressurreição da vontade de ser feliz!

Ressurreição dos sonhos, das lembranças e de uma verdade que está acima dos ovos de chocolate:

Cristo morreu, mas ressuscitou, e fez isso somente para nos ensinar a matar os nossos piores defeitos e ressuscitar as maiores virtudes sepultadas no íntimo de nossos corações.

Que esta seja a verdade da nossa Páscoa.
Que Deus abençoe você e sua família hoje e sempre.
Bjokas...da Bia!!!

Aninha disse...

Oi amiga estou de recesso escolar, voltarei dia 02 de maio, enquanto isso eu estou fazendo o que nunca faço, cuidando de casa. Resolvi pintar a casa até que é legal. Desejo neste dia muita reflexão para que possamos dar valor o dia que amanhece. o pássaro na janela, o dormir e o acordar, a nossa familia e aquele telefonema para o nosso amigo ou amiga que não conversamos a um bom tempo. Uma feliz páscoa e Deus te ilumine sempre na sua jornada.

Del Rodrigues disse...

Amiga, passei para agradecer seu carinho e desejar-lhe uma Feliz Páscoa, cheia de muito Amor,saúde,alegrias,Paz e Luz! Mil beijocas e obrigada por sempre lembrar de mim. Ando em falta com minhas amigas, mais nem sempre as coisas são como queremos e desejamos. Mil beijocas.Fique com Deus!Até breve...

Anynha disse...

Olá!
Passando para ver as novidades e te desejar uma abençoada Páscoa!
BJS!

Elisete Nunes disse...

Com a ressurreição,
Jesus nos fez renascer como
“povo da Páscoa”.
Povo que assume
A causa pela qual ELE
Veio ao mundo:
“Que todos tenham vida...”
àqueles que buscam Paz,
dignidade humana,
Solidariedade e amor.
Feliz e abençoada Páscoa!

Amanda Fonseca disse...

Amigaaaaa, sei que estou em falta com a demora em vir agradecer sua visita ao Pingos e Gotas, mas o trabalho lá não pára, graças a Deus!
Aproveito para te agradecer o carinho e desejar uma Feliz e Abençoada Páscoa!
Beijo grande e seja sempre bem-vinda!